EMPRESA AFILIADA

Fonte: Maison du Luxe


Antes da pandemia de coronavírus, a “Monalisa” de Leonardo da Vinci atraía cerca de 30 mil visitantes por dia para o Museu do Louvre, em Paris. A pintura fica atrás de uma barreira e é protegida por um espesso vidro blindado. Mas, um proponente rico e outro convidado terão a chance única de admirar a obra mais de perto, quando ela for retirada de sua proteção para ser avaliada por especialistas em conservação.
O Louvre, o maior e mais visitado museu do mundo, juntou-se às casas de leilão Christie’s e Hôtel Drouot para vender uma variedade de experiências especiais com peças da coleção do museu, obras de arte e artigos de luxo de edições limitadas. A parceria tem como objetivo arrecadar fundos para o museu, que sofre as consequências causadas pela pandemia da Covid-19.