EMPRESA AFILIADA

Fonte: Maison du Luxe

Após a inauguração de algumas lojas em Pequim em 2013 e em Xangai em 2019, a Galeries Lafayette está finalizando a abertura de uma terceira loja na China.
A inauguração será realizada diretamente pela rede de lojas de departamentos francesa. A instituição francesa fez um contrato de arrendamento no bairro Nanming de Guiyang, que é a capital da província de Guizhou, localizada no sudeste da China.
A loja terá dois níveis e 11,5 mil metros quadrados, localizada no shopping D. Place, do Grupo HLC. A inauguração do shopping está prevista para 2021 e a Galeries Lafayette abrirá sua loja dentro do espaço na primavera de 2022.
“Um ano após a abertura das Galeries Lafayette em Xangai, e apesar das interrupções da crise de saúde nos últimos meses, estamos muito felizes em continuar a expansão da marca Galeries Lafayette na China por meio de parceria com a HLC Commercial Estates”, disse o chefe da Galeries Lafayette desenvolvimento internacional, Philippe Pedone. “Esta terceira loja representa uma nova oportunidade para oferecer a nossa experiência em moda e estilo de vida franceses aos residentes de Guiyang.”
Dado o contexto da crise de saúde global e o fato de que a economia chinesa se recuperou novamente, Guiyang foi selecionado pelo varejista por sua alta taxa de crescimento do PIB - uma das maiores da China em uma década. Além disso, a cidade lançou várias iniciativas para desenvolver um conceito de marca intitulado 'Cool Guiyang, Shopping Paradise'.
Em 2019, o diretor da Galeries Lafayette, Guillaume Houzé, revelou seus planos de expansão de oito lojas na China até 2025. Se o negócio atingir essa meta, o mercado chinês poderá representar entre 60% e 70% do faturamento total.