EMPRESA AFILIADA

Fonte: Maison du Luxe

Houve queda no lucro operacional (EBIT) de 74 milhoões de euros. O lucro liíquido da Ferragamo no primeiro semestre de 2020 diminuiu 86 milhoões de euros. Em julho e agosto houve um deempenho positivo das vendas na China, Coreia e nas vendas pelo e-commerce, comparando com os nuúmeros de 2019.

Todas as categorias de produtos tiveram uma reducção de receitas no primeiro semestre de 2020, comparando com 2019. A divisaão de perfumes registou um decreéscimo de receitas de 66,6%.

No primeiro semestre de 2020, a China registrou um aumento de 11,6%. O mercado japoneês registrou queda de 37,4% nas receitas. O continente asiaático representa 54% das receitas totais da Salvatore Ferragamo.

A Europa registrou um decréscimo nas receitas de 51,7% fortemente penalizado pelo fechamento das boutiques e pela ausencia de turistas. A América do Norte registrou uma redução de receita de 54,4%, enquanto nas Ameéricas foi 54,6%.