EMPRESA AFILIADA

DESCRIÇÃO

Este livro trata de uma sociedade que vive de excessos, que tem mania de consumo e que ao mesmo tempo desperdiça tudo que é possível. Gilles Lipovetsky - criador do conceito de hipermodernidade para definir os tempos de hoje - explica porque a sociedade vive um momento tão triste, com elevados índices de suicídios, de depressão e de dependências diversas "Essa era do consumismo modificou muito mais a vida da humanidade do que todas as correntes filosóficas do século XX reunidas, tanto para o bem quanto para o mal. Nunca fomos tão livres social e politicamente, e tão submissos (ao consumismo, por exemplo)", analisa Lipovetsky.